Cogite...

..."O mais importante é aprender a não se perder" p.15. Zen e a Arte da Manutenção de Motocicletas de Robert M. Pirsig

Aos meus pés

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

O meu mundo caiu
Consternadamente...

...aos meus próprios pés.

3 comentários:

Tudo Muda disse...

Reprodução Modernista das Entranhas do Canceriano de Fogo

Se eu pudesse expressar o seu Eu indecifrável
numa obra de arte palpável
suas entranhas seriam francamente reproduzidas
numa estátua triste e retorcida,
uma escultura de concreto e lágrimas
modelada a socos, beijos e gritos
com leves arranhões,cheios de lascívia e dor.
E buracos profundos e escuro de fome
famintos de coisas ainda sem nome
Seu avesso assim, exposto sem nenhum pudor
Obceno
pela obsessão e obscuridade.
Metade vermelho berrante
desejo, revolta, inveja e insanidade.
Metade de um cinza maçante
mágoa, agonia, vergonha e conformidade.
Mil coisas desatinadas, coladas sem muita destreza
Mil bocas escancaradas, arreganhadas sem sutileza
Dentes sorrindo
olhos serenos
lábios cupindo venenos
que minam de um coração grande e torto
Formas sinuosas e inconstantes
derivadas da explosão de sua alma delirante
e belas formas se erguendo do farelo e do pó morto.
Rostos, muitos rostos escrachados,
cheios de fascinação e horror
os semblantes talhados em pedra e flor
Mãos, e muitos dedos determinados
apontados cada um para uma direção
E pés caducos e deformados tentando crescer e mover-se do chão.

Tudo Muda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tudo Muda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Postar um comentário